Todos acreditam em alguns, mas nem todos sabem reconhecê-los como tais. O mundo está cada vez mais cheio de “fatos”; imutáveis e perenes “verdades”… ou seria cada vez mais cheio de mitos, meramente assim disfarçados? Neste episódio, discutimos as complicações por detrás de coisas aparentemente banais (lei dos cinco segundos), passando por pessoais (talento existe ou é uma função de prática e recursos para treinar/estudar?) até o mais abstrato (a cultura do individualismo tem méritos “concretos” ou seria tudo apenas mais uma história inventada recentemente?). Veja bem.

Veja Mais “VB 20 – Mitos”


Disse o grande filósofo Dr. House que “Pessoas nunca mudam; só se tornam mais de quem realmente são”. Mas será mesmo? Em primeiro lugar, como se “define” uma pessoa? Gostos, atitudes, personalidade? Em segundo, o que estudos recentes e antigos  mostram sobre nossa capacidade neurológica e social de mudar? É real e permanente ou ilusória e passageira? Veja bem.

Veja Mais “VB 19 – As Pessoas Podem Mudar?”


Diz um velho adágio que “a maça não cai muito longe da árvore”. Mas será mesmo? Teriam os pais, realmente, a importância e influência que pensam ter na vida dos filhos? Quais são, segundos alguns estudos no tópico, mitos e verdades da pater/maternidade? Neste episódio, discutimos essea questões e exploramos algumas diferenças culturais instigantes na tendência de crianças a estarem no lado reflexivo e bem-comportado ou mimado e birrento da força (do choro).

Veja Mais “VB 17 – Filhos”